8.8.07

sempre o sempre

Este sentimento estranho que nos rodeia não vai desistir de nos perseguir.
Segue-me todos os dias. Desde o momento em que acordo ao teu lado até ao momento em que fugimos, a disparar palavras soltas que nos magoam, sempre e cada vez mais. Há sempre o sempre. Há sempre no ar, nas frases, na tua boca. Há sempre o nunca, sempre o talvez... sempre o fica.
Andamos fugidos do tempo, e ele sempre atrás de nós.