13.4.08

em ti de mim

Acho que o tema do primeiro de todos os textos que eu aqui pus, vai voltar a existir. Afinal nunca senti tão na pele o que é sermos completamente vandalizados por dentro, sem ninguém dar conta.
Há fases na vida em que damos tudo, e fazemos isso porque acreditamos do fundo do coração que vale a pena e que nunca nos vamos arrepender. Nem sempre estamos certos. Eu não estava.
Não há melhor momento para escrever que o momento em que a dor se torna viva, em nós. Sempre tive esta opinião, e cada vez estou mais certa dela. Não vale a pena continuar, querido. Não vale a pena sequer continuar a secar as lágrimas nascidas em mim de ti.




Vou precisar de um espaço para me desfragmentar e voltar a compor, encontrar, formar-me. Vou fazer de tudo para que não seja o teu bocado em mim que me deixe completa. Vai tudo fazer sentido.






joana*

1.4.08

Cerro os dentes para não cair num choro sem fim.